Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



UM GÉNERO DE APRESENTAÇÃO

18.01.11

Sempre gostei de desafios apesar de não saber lidar com a frustração que se segue à derrota.  Talvez por isso não devesse ter escolhido esta profissão - ou mais concretamente área, visto que ainda estou no primeiro ano. Mas de uma coisa estou certa, a rotina e a calma que sempre me meteram medo nunca farão parte da minha vida.

Existem dois tipos de pessoas. As que ficam imensamente curiosas quando respondo à pergunta da praxe “Em que curso estás?” e as que por dois segundos ficam sem reacção com a frase “Mais uma para o desemprego.” estampada na testa até que educadamente sorriem e me desejam toda a sorte do mundo. As perguntas/afirmações que se seguem são sempre as mesmas, “Mas no que é que consiste...”ou “Só no estrangeiro é que tens sorte...”.

Todos olham para o meu futuro como muito incerto, mas vou contar-vos um segredo. Nada é certo. Muito pelo contrário.

Escolhi o Cinema, como futura carreira profissional porque nunca me vi noutra área que não fosse a artística. Poderia ter ido para Ilustração como uma professora me chegou a recomendar, ou Design que chegara a fazer parte das minhas opções durante algum tempo. Mas nenhuma me oferecia a possibilidade de viver as duas artes que aprendi a amar, a da imagem e a da escrita.

Antes de ser capaz de dizer com toda a certeza que o Cinema era o que eu queria, passei por muitas outras áreas. Desde arqueologia - na altura em que a escola era uma brincadeira e nossos pais são os nossos super heróis - , biologia – o que me valeu uma enorme colecção de livros –, design, moda, escrita, multimédia e animação 3D e por fim filmes à seria.

E teria ido para multimédia e animação 3d - tinha aquele enorme sonho de trabalhar para a Pixar, e talvez um dia quem sabe, continua a ser uma opção – mas tal como aconteceu de todas as outras vezes a ideia amadureceu e o cinema com actores de carne e osso desperta-me, agora, muito mais interesse.

O que me trás ao dia de hoje. Janeiro de 2011, cinco meses depois do primeiro dia no curso que nunca pensei ser tão exaustivo, cansativo física e psicologicamente. Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.




Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

You Talkin' To Me?

subscrever feeds